Como lidar com ansiedade em meio aos tratamentos

Recentemente uma seguidores comentou no meu Instagram sobre a questão da ansiedade em meio aos tratamentos capilares e, como prometi para vocês, separei algumas dicas que podem ajudar quem está nessa situação. 3 dicas para lidar com a ansiedade enquanto se espera o efeito dos tratamentos 1. Celebrando e sendo grato por cada avanço, por menor que seja; 2 Trocando experiências com outras pessoas que já passaram pelo mesmo que você 3. Trabalhando a virtude da paciência e da confiança de que tudo vai dar certo para, assim, criar as condições que atraem os melhores resultados! Se tiver mais alguma dica que funciona para vocês por aí, me contem, vou adorar saber! 😁⠀

O que fazer quando a queda de cabelo não é 'calvice'

Nem sempre a queda de cabelo está relacionada com a calvice, que é um fator genético. Muitos outro gatilhos podem ser a causa de uma queda de cabelo acentuada. Pensando nisso, listamos aqui algumas atitudes que você pode tomar quando o seu caso não for a calvice. Acabando com o problema pela raiz O cabelo é só um indicador do que está acontecendo no corpo todo. Então se você estiver em uma fase de stress, o jeito é procurar ajuda recorrendo a terapias, meditação e exercícios como yoga, por exemplo. Tratamento com medicação O tratamento pode ser feito com loções, remédios ou suplementos nutricionais indicados por um especialista, depois de pedir exames e avaliar seu caso. Os fios vão nascer d

Nem toda queda de cabelo é sinal de calvice

Enquanto a calvice é genética, a queda de cabelo é multifatorial e pode ter origens diversas como problemas de hormônio, fumo, alcool, sono de baixa qualidade, estresse, uso excessivo de tinturas, descolorantes e alisantes, anemia e carência de algumas vitaminas e nutrientes como ferro. Tudo isso pode comprometer o crescimento e a vitalidade dos cabelos e resultar numa queda de cabelo maior que do normal. O eflúvio telógeno é uma das principais causas da queda de cabelo excessiva. Este problema acelera a chegada de mais fios à fase telógena, responsável por desprender as madeixas do couro cabeludo. Seu início pode se dar à partir de algum gatilho acionado três meses antes do momento da queda

Noites mal dormidas e stress podem causar problemas na pele

Em época de quarentena é comum a queixa de que, por conta das preocupações, as pessoas estejam mais estressadas e dormindo mal. Mas, muito não sabem que isso pode ser um gatilho poderoso para problemas na pele. Dormir Durante a noite, as células da nossa pele são renovadas pois é nesse momento que há o pico na produção de hormônio do crescimento. Essa é uma das ações que ajuda a combater o envelhecimento, cujo um dos sintomas são as olheiras. Por isso, dormir bem faz bem porque ajuda a deixar a pele mais viçosa. Estresse O estresse também é um desencadeador de doenças que podem estar associadas a transtornos píquicos, cuja causa pode estar relacionada ao sistema imunológico. A psoríase é uma

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle